Página Inicial

sábado, 7 de maio de 2011

NÃO transforme boas novas em bons conselhos!

.

"Reduza o cristianismo a um bom conselho e ele se harmoniza perfeitamente à cultura do treinamento de vida. Pode parecer relevante, mas, na verdade, ele acaba perdido no mercado das terapias moralistas. Quando anunciamos o cristianismo como o melhor método de aprimoramento pessoal, inclusive com depoimentos sobre o quanto estamos cada vez melhores desde que "entregamos tudo", os não cristãos podem, com toda razão, nos questionar: "Que direito você tem de dizer que a sua [religião]* é a única fonte de felicidade, significado, experiências emocionantes e aperfeiçoamento moral?". Jesus claramente não é a única forma eficaz para uma vida melhor ou para um eu melhor. Qualquer pessoa pode perder peso, parar de fumar, melhorar um casamento e se tornar mais agradável sem Jesus.

O que distingue o cristianismo, em sua essência, não é seu código moral, e sim sua história - a história de um Criador que, embora rejeitado por aqueles que criou à sua imagem, se inclinou para reconciliá-los consigo mesmo por meio de seu Filho. Essa não é uma história sobre o progresso do indivíduo para o céu, e sim a narrativa dos acontecimentos históricos da encarnação de Deus, da expiação, da ressurreição, da ascensão e do retorno, bem como da exploração de seu rico significado. Em sua essência, esta história é um evangelho: as boas-novas de que Deus nos reconciliou consigo mesmo em Cristo."

*Esta palavra foi inserida por mim pra dar sentido a frase, pois ela não constava na tradução.


Fonte: Michael Horton. Cristianismo Sem Cristo, editora Cultura Cristã, p. 86, 2010.
Via: [ UMPCGYN ].

http://bereianos.blogspot.com/2011/05/nao-transforme-boas-novas-em-bons.html


Em Cristo, Ray Henrique.

Um comentário:

  1. Excelente colocação; a proposta prioritaria de Jesus realmente não foi simplemente melhorar a vida do ser humano aqui na terra, mesmo entendo que isso pode ser uma consequência, dependendo de como você encherga a vida crsitã (Fl 4:11-13, mas sim proporcionar ao homem a oportunidade de se relacionar diretamente com Deus, atraves do sacrificio de Cristo que é suficiente para o salvar, assim proporcionando-lhe uma vida eterna em regozijo.

    Graça e paz.

    ResponderExcluir

Comentar é uma maneira de interagir com as pessoas. Fique a vontade!

Ocorreu um erro neste gadget